Certificação por Reconhecimento em Segurança do Paciente

A Quality Global Alliance “QGA” e o Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente “IBSP” acabam de firmar uma parceria inédita na América Latina, a qual promete ampliar a qualidade da assistência e a segurança do paciente dentro das instituições de saúde brasileiras. Trata-se de uma parceria que validará as práticas do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e das Instituições de Saúde quando o foco é a experiência e segurança do paciente, a fim de garantir que todos os profissionais envolvidos nas dinâmicas internas estejam alinhados com as metas apontadas pelo Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), em vigor no Brasil desde abril de 2013.

Nesta parceria, o QGA, por estar dentro do âmbito de acreditação, validará as práticas com base nas diretrizes e estrutura elencadas pelo IBSP, Instituto associado ao projeto por ter ampla experiência e competência em processos educacionais.

Para este movimento inédito, o QGA buscou o IBSP que representa responsabilidade, segurança, profissionalismo e ética para desenhar escopos que agreguem valor às instituições de saúde. “Enquanto o QGA está junto da Health Standards Organization (HSO), há mais de 60 anos trabalhando a questão da acreditação, o IBSP chega com grande expertise na implementação de ferramentas de segurança”, destaca o CEO do QGA, Rubens Covello.

Para o diretor executivo do IBSP, José Branco, essa parceria surge como mais uma forma de alcançar as organizações de saúde, estimulando o processo educacional voltado à qualidade da assistência e à segurança. “Sempre buscamos parcerias que estão alinhadas ao nosso posicionamento. Quem ganha não é o IBSP, mas sim as organizações de saúde que podem se transformar, tornando-se cada vez mais seguras”, pontua.

A parceria entre o QGA e o IBSP surge para auxiliar as instituições de saúde que seguem enfrentando desafios para a consolidação dos Programas de Segurança do Paciente e dos seus núcleos. Importante enfatizar que o NSP – instância do serviço de saúde criada para promover e apoiar a implementação de ações voltadas à segurança do paciente – é uma obrigatoriedade dos serviços de saúde públicos, privados, filantrópicos, civis ou militares, regida pela RDC nº 36/2013 e fiscalizada pelos órgãos de vigilância sanitária locais.

“No Brasil, os núcleos ainda enfrentam muitas dificuldades e barreiras para atingir os resultados que as organizações esperam e essa parceria tende a auxiliar nesse processo”, comenta Branco. Para o CEO do QGA, o desejo é de que as instituições estejam cada vez mais integradas e seguras. “Elas (instituições de saúde) terão o QGA olhando para a governança, o compliance, a assistência, a certificação e a acreditação, junto com o apoio técnico do IBPS” finaliza.

O mérito desta associação é mostrar ao mercado que as duas maiores Instituições Brasileiras que trabalham segurança do paciente estão juntas somando esforços em prol do paciente.

Menu